SOLICITE UM ORÇAMENTO
(49) 2049-0200
(49)9 9916-9619
Entre em contato conosco VIA WHATSAPP
49 9 9916-9619
Postado em 14 de Fevereiro de 2020 às 10h40

Parques acessíveis para turistas com deficiência

Pontos Turísticos (14)
  • Agência de Viagens - Voare Turismo -

O Brasil tem vários parques que permitem contato direto com a Natureza, mas infelizmente nem sempre é fácil acessá-los, principalmente para pessoas com deficiências.

Pensando nisso, o Parque Estadual da Ibitipoca inaugurou as chamadas “Juliettis”, cadeiras adaptadas que permitem o acesso ao local por deficientes motores. As cadeiras é uma iniciativa da ONG “Montanha Para Todos”, que está presente em cerca de 26 destinos de 14 estados do país. Guilherme Cordeiro, um dos organizadores do projeto, destaca que a ideia surgiu após uma doença que acabou afetando a mobilidade de sua esposa.

A “Julietti”, como é batizada, é uma cadeira composta por uma única roda, que facilita o acesso desses turistas a ambientes de difícil acesso e proporcionam a portadores de deficiência uma experiência única para aproveitar a natureza. E, está disponível também no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso. 

  • Agência de Viagens - Voare Turismo -

Confira alguns parques que oferecem atrativos com acessibilidade:

  • Floresta Nacional de Carajás (PA)
  • Floresta Nacional de Ipanema (SP)
  • Parque do Córrego Grande (SC)
  • Parque Estadual da Serra do Mar (SP / RJ)
  • Parque Estadual do Caracol (RS)
  • Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO)
  • Parque Nacional da Serra dos Órgãos (RJ)
  • Parque Nacional da Tijuca (RJ)
  • Parque Nacional das Emas (MS/GO)
  • Parque Nacional de Brasília (DF)
  • Parque Nacional de Ubajara (CE)
  • Parque Nacional do Iguaçu (PR)
  • Parque Nacional do Pau Brasil (BA)
  • Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (PE)
  • Parque Natural Municipal da Catacumba (RJ)
  • Reserva Biológica União (RJ)

Outro destino, que são referência para o turismo acessível, como em Socorro (SP), é referência internacional no assunto. Localizada a 130 km de São Paulo (SP), a cidade é considerada um dos melhores destinos para se receber pessoas com mobilidade reduzida. Por meio do projeto “Socorro Acessível”, os turistas que por lá passam contam com sinalização tátil, elevadores, rampas e barras nos pontos turísticos.

O Bosque da Ciência, localizado em Manaus (AM) oferece, desde 2019, visitas autoguiadas para deficientes auditivos. O turista surdo vai recorrer ao Giulia, um aplicativo para smartphones que faz a leitura em Libras dos QRCodes dos pontos turísticos.


Fonte: Ministério do Turismo; Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Veja também

PETRA: O LUGAR MAIS BELO DO MUNDO30/04/19 Petra, situada na Jordânia, foi fundada em 312 a.C. pelos nabateus, povo árabe nômade, a Cidade Antiga virou um eixo importante para as rotas da seda, do incenso e das especiarias entre China e a Europa. A partir de 106 d.C. os romanos passaram alguns séculos ocupando a cidade talhada na pedra. Considerada uma das 7 maravilhas do mundo moderno e Patrimônio da Humanidade pela......
Destinos para fugir do Inverno18/06/19 O Brasil é uma país com muitos tipos de clima, podemos dizer que somos muito sortudos nesse quesito, pois durante o inverno no Sul do Brasil e, nas outras regiões temperaturas típicas do verão. Quer viajar para um......
Melhores destinos LGBTQIA+ friendly24/02/20 Sem diferença para qualquer outro turista, o público LGBTQIA+ tem uma peculiaridade: a tolerância e respeito à diversidade, que não se encontra em qualquer lugar. Vários países acolhem a diversidade e recebe de......

Voltar para BLOG